Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

Estrela

Todos olhamos para o céu e escolhemos, nem que seja um vez na vida, uma estrela para contemplar...
Quem não conhece as costelações? Quem não ama a estrela que nos é mais próxima, o SOL? Pois é, todos nós gostamos... mais que não seja para apanhar um belo de um bronzeado no Verão!
As estrelas que iluminam o céu nas noites claras e sem nuvens, são um regalo para a vista! Este poema é dedicado a uma dessas estrelas!

A Tua Estrela
Das estrelas que brilham no céu
A mais brilhante é a tua
De todas as estrelas que brilham no ar
Foi pela tua que me fui apaixonar.
 
Quando pela rua ia a passar
Para o céu olhei
De todas as estrelas que estive a observar
Foi pela tua que me apaixonei.
 
A estrela mais brilhante
Foi a que me cativou
Mas a estrela de brilho constante
Por mim não se apaixonou
 
Essa estrela continua-me a sorrir
Nela não paro de pensar
Não me quero iludir
Mas não a deixo de amar.
 
Marco Viana
publicado por Ir0ns às 20:22
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De apenaseuemaiseu a 1 de Maio de 2007 às 14:46
és um doce com as palavras.. começarei a vir aqui mais vezes, agora que sem onde as tuas palavras pairam:)
BEijo, lucia


Comentar post

.Perfil

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Desabafos de duas Almas p...

. Amor, dois corações, um s...

. Anjos

. E se de repente , tudo nã...

. O que é um poema sem títu...

. Tudo não passa de um ilus...

. Um novo recomeço!

. Quando as saudades aperta...

. Poesia e música

. ...

.arquivos

. Setembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds