Sábado, 17 de Março de 2007

Um dia... tudo será diferente

Este poema é para aqueles que têm como linha de pensamento de que um dia, tudo será como nós queremos. A linha de pensamento do "o que é nosso, um dia virá ter connosco, se não vier é porque nunca foi" , penso que seja mais ou menos isto...

Num Mundo em que as relações são cada vez mais distantes, sem muito amor, sem dádiva, haver quem pense em nós, que sinta a nossa falta e que nos dê valor é raro! Perdeu-se muito do romantismo que havia em séculos passados, que são, por vezes, retratados nos livros e em filmes! É maravilhoso quando se dá atenção a alguém, faz-nos sentir bem... dar sem pedir nada em troca.. apenas oferecer, o melhor que o nosso coração tem para oferecer, amor e amizade!

Num Mundo onde as pessoas são mais egoístas e não pensam nos outros, ajudar é o melhor caminho, porque podemos estar mal, mas mais pessoas neste Mundo estão, tão mal ou pior que nós! Não precisa de ser bens materiais, basta o nosso afecto e carinho... haverá algo mais reconfortante do que roubar um sorriso  de quem precisa!? Bem, se poderem oferecer algum bem material que seja necessário ainda melhor... o que este Mundo precisa é que nos preocupemos com os outros e com o que nos rodeia, desde as pessoas ao Meio - Ambiente!

Um dia...
 
Um dia sem mesmo esperar
Vou-te encontrar
Perdida como eu, a pensar
Que me podes encontrar, também!
Neste vai e vém
Vão e não voltam mais
Seguem os nossos corações e que tais,
Que não se aproximam
Que se afastam
Para não se magoarem
Para não chorarem
Porque não se podem ter
E viver
Aquele amor que pensaram
Um dia preservar!
Um dia sem menos esperares
Darás conta que é tarde de mais
Para voltarmos atrás
Tu partiste e deixaste-me para trás
Agora sou eu que parto, levando-te no pensamento
Talvez, um dia, nos encontremos
E seja tudo como nós sonhamos
Juntos, enfim, a contemplar
Esse imenso mar
Numa praia deserta só para nós
Enquanto estamos sós!
Um dia sem menos esperar
Vais-me encontrar sozinho
E eu a ti, também
Neste efeito boomerang
De vai e vém
Esperando por ti
Aqui...
Um dia, talvez, sejamos apenas um só!
 
Marco Viana 17-03-07

 

publicado por Ir0ns às 11:26
link do post | comentar | favorito
|

.Perfil

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Desabafos de duas Almas p...

. Amor, dois corações, um s...

. Anjos

. E se de repente , tudo nã...

. O que é um poema sem títu...

. Tudo não passa de um ilus...

. Um novo recomeço!

. Quando as saudades aperta...

. Poesia e música

. ...

.arquivos

. Setembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds