Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Amor, dois corações, um sentimento

Amor, o que é amar? Que sentimento é este que nos arrebata e nos eleva a seres imensamente sentimentais, que criam laços e união, mesmo que a distância seja um entrave à sua felicidade!! Amar, o que é? O que nos consome, dias e noites, de pensamentos e lembranças, saudades e esperanças? Amor, o que é? Que nos torna mais susceptíveis de pensamentos derrotistas, pessimistas, que nada trazem à felicidade! Amor, o que é? É um sentimento bom e bonito, porque todo o ser apaixonado é um ser bonito interiormente que demonstra a sua paixão exteriormente.

Amor o que é? É o que se explica neste poema, escrito por mim e pelo meu anjo, que amo tanto, mesmo distante do olhar, está sempre cmg, porque o meu coração a ela pertence e o dela a mim sei que pertence...

Amor, dois corações, um sentimento.... isto é o amor!!

 

Por cada lágrima que vertem os teus olhos,

Um pedacinho do meu coração se parte,

Nele percorrem quilómetros de amor,

Litros de carinhos doces e toneladas de afecto,

Nele florescem centenas de rosas, que constituem o teu perfume,

Voam nuvens suaves onde dormes todas as noites,

Navega a brisa marinha  que me leva a toda a hora até ti.

 

És linda como a mais bela manhã de primavera,

 onde no horizonte do mar surge o sol a iluminar o belo céu azul, livre de nuvens!

És linda como a mais bela paisagem de flores bonitas, montes e vales, onde os animais dançam e cantam e tudo o que os rodeia transmite calma, paz e serenidade.

 

És linda como as mais belas historias de amor!

És linda, principalmente, por seres como és, linda em todos os sentidos!

 

Ontem escorreram as minhas lágrimas e as lágrimas do teu coração

que juntos fizeram uma comunhão e soltaram-se para fora, transmitindo a nossa paixão

e saudade.

 

E com um leve perfume, reviveram-se momentos,

Acordaram-se sentimentos,

Lagrimas perdidas cairam,

Tristezas surgiram e tudo porque existe amor.

 

A poesia despertou a curiosidade,

o tempo encarregou-se da felicidade,

o destino fez acontecer,

Agora aqui estás tu comigo a escrever!

 

Juntos partilhamos gostos,

Felicidade,

Desgostos e saudade…

 

Juntos vivemos cada segundo, sentimos um amor tão profundo

que nos enche o coração de tranquilidade.

 

Amamo-nos na lembrança, amamo-nos na saudade,

amamo-nos na esperança, amamo-nos de verdade.

                                                                                                           

 

 

Anjo e Marco

 (28.04.09)

 

publicado por Ir0ns às 22:44
link do post | comentar | favorito
|

.Perfil

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Desabafos de duas Almas p...

. Amor, dois corações, um s...

. Anjos

. E se de repente , tudo nã...

. O que é um poema sem títu...

. Tudo não passa de um ilus...

. Um novo recomeço!

. Quando as saudades aperta...

. Poesia e música

. ...

.arquivos

. Setembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds